Alberta

Alberta

Conhecida como a “província da energia” – muito forte nas áreas de gás e petróleo –  Alberta é a mais ocidental das províncias localizadas nas pradarias canadenses. Suas principais cidades são Edmonton (a capital) e Calgary, cada uma delas com cerca de 1,5 milhão de habitantes.

População4,4 milhões
Salário MínimoCAD$ 15 /hora
Taxa de Desemprego8,7% (05/2021)

A riqueza natural de Alberta é impressionante. Dominada pelas vastas planícies, a oeste da província estão as imponentes Montanhas Rochosas, e ao norte, florestas boreais, lagos glaciais e desertos. As paisagens são de encher os olhos, e há muito o que fazer em todas as estações do ano, principalmente para quem ama as atividades ao ar livre.

Os pontos turísticos mais famosos de Alberta são Banff – uma cidade localizada dentro de um parque nacional com 1.500 quilômetros quadrados,  o Glaciar de Athabasca e o parque Jasper, que ostentam toda a beleza natural da província.

De clima continental, Alberta é a província que tem mais dias de sol no Canadá. O inverno é seco, ensolarado e frio, enquanto os verões tendem a ser mais chuvosos e quentes. Ocasionalmente há tempestades ou tornados.

A população de Alberta é bastante diversificada: o crescimento da província é atribuído à grande quantidade e variedade de imigrantes que a província vem recebendo ao longo das últimas décadas. Tanta variedade de origens e etnias se misturou com a forte influência rural dos pioneiros, fazendo de Alberta um cowboy descolado e cosmopolita.

A província tem um padrão de vida excelente. As taxas de criminalidade são baixíssimas, as cidades são bonitas, bem cuidadas e com abundância de áreas verdes. As médias salariais são bastante competitivas em comparação com o restante do país, ao passo que os custos de vida são bastante baixos, pois a carga tributária da província é a menor do Canadá.

Edmonton e Calgary possuem excelentes sistemas de saúde, e reconhecida qualidade de ensino. A província conta com universidades de renome, que conduzem pesquisas de ponta em vários campos do conhecimento. Estas cidades são bastante procuradas por estudantes internacionais, pois oferecem colleges de alta qualidade, oportunidades de trabalho e custos de vida mais baixos que nos grandes centros, como Toronto ou Vancouver.

Conheça agora um pouco mais sobre Edmonton e Calgary.

Calgary

Calgary

População (2020)1.543.283
Salário mínimo /hora
Salário médio /hora
CAD$ 15
CAD$ 23,97
Taxa de Desemprego10,2% (04/2021)
Temperatura média (verão)11ºC (min)
24ºC (max)
Temperatura média (inverno)-13ºC (min)
-2ºC (max)

Seguro-Saúde (Por pessoa)

Média mensal (estudante)CAD$ 75

Moradia (Valores médios – Aluguel mensal)

Quarto individualCAD$ 600
Studio / apto 1 quartoCAD$ 1191
Apartamento 2 quartosCAD$ 1483

Transporte público (Passe mensal)

Regular
Estudante (6 a 17 anos)
CAD$ 109
CAD$
79

Refeição (Por pessoa)

Fast-foodCAD$ 11
Restaurante médioCAD$ 38

Supermercado (Por pessoa)

Despesa semanal médiaCAD$ 77

Calgary é a cidade mais populosa da província de Alberta, na planície oeste canadense. É conhecida como a porta de entrada para as Montanhas Rochosas, pois fica a apenas 90 minutos de Banff – importante cidade turística nas montanhas e um dos melhores locais para se encantar com a aurora boreal. 

“Rival” da capital Edmonton, ao norte, Calgary funciona como centro urbano para as muitas cidades do sul da província de Alberta, e é um dos principais destinos para alunos internacionais.

A cidade foi eleita a “North America Most Livable City” (a cidade mais “habitável” da América do Norte) em 2018, em razão da conservação da cidade (reconhecida por ruas limpíssimas e muito bem mantidas), alta qualidade do ar, muitas áreas verdes, além de todas as condições que aumentam a qualidade de vida – segurança urbana, bom sistema público de saúde, educação de alto nível, diversidade da população (⅓ dos habitantes são de minorias étnicas), baixa carga tributária, valores de imóveis ou aluguéis acessíveis, sistema razoável de transporte público, entre outras inúmeras vantagens.

Outra vantagem importante é que na província de Alberta não há a cobrança do PST (Provincial Sales Tax), os preços de combustível são os mais baratos do Canadá e as taxas de imposto de renda são mais baixas que no restante do país – portanto, há uma boa chance de sobrar uma graninha a mais na carteira no fim do mês.

Há que se ter atenção com o seguro público de saúde, pois há um período de carência – tanto para estudantes internacionais e imigrantes, quanto para cidadãos vindos de outras províncias. Neste caso é aconselhável verificar o tempo de carência e se assegurar de estar coberto por um seguro particular. 

O clima pode ser um desafio para quem tem pavor de frio – os invernos são bastante rigorosos, e os verões costumam ser amenos. Mas quem vive em Calgary se torna um amigo íntimo do “Chinook“- o vento quente e seco que sopra da costa oeste, e que costuma dar um alívio nos dias mais frios do inverno – ou dá uma boa aquecida nos mornos dias de verão.

Diferente de outras cidades canadenses que têm verdadeiras cidades subterrâneas, para onde a população “migra” no inverno, em Calgary há o Skywalk, que são passarelas fechadas e climatizadas que ligam os principais edifícios do centro da cidade. São mais de 15 km de ligações, e você pode passear por todo o centro, olhando de cima!

A economia da cidade gira em torno de 3 principais setores:  petroquímico, agrícola e turismo. Como falamos na seção sobre Edmonton, em Alberta fica a segunda maior reserva de petróleo do mundo (menor apenas que a da Arábia Saudita), e portanto, as principais indústrias do setor de energia e combustíveis fósseis estão estabelecidas na cidade, que também começa a desenvolver o setor de energia limpa renovável. Alguns exemplos de grandes empresas de energia em Calgary são a Inter Pipeline Ltd., Sancor Energy Inc., E3 Metals, BluEarth Renewables, Canadian Natural Resources, para citar algumas.

A crise do petróleo de 2015  provocou um aumento do desemprego nesse setor nos últimos anos, mas vemos uma recente recuperação do setor. Mas embora este seja um setor econômico bastante relevante, a cidade não depende exclusivamente dele. 

O governo da província e a prefeitura têm estimulado o crescimento de setores como o aeroespacial, logística, serviços financeiros, tecnologia, mídia digital interativa e economia criativa. Para citar algumas empresas nesses setores, temos a West Jet, Aerium Analytics, DC Bank, Shareworks by Morgan Stanley, Nananalysis, Orphyk Medical Technologies, Willow Bioscience, Zenith Epigenetics, Absorb Software, ATTAbotics, Benevity, entre muitas outras.

No setor agrícola, grandes empresas como Basf, Bayer, Cargill, Harmony Beef e até a brasileira JBF estão presentes na cidade.

O setor agrícola é o que imprime uma das mais marcantes características culturais de Calgary, também conhecida como o “Texas do Canadá”. A cultura dos “cowboys” é muito forte na cidade – você vai ver botas, chapéus e caminhonetes por todo o lado, ouvir música country em todos os lugares, e em julho, vai poder participar do que os locais chamam de “o maior show a céu aberto da Terra”, o Calgary Stampede.

Mais de 1 milhão de visitantes passam por lá a cada edição, que conta com competições de rodeio, desfiles, shows de música country, feira e exposição agropecuária, corridas de carro e exibições. A cidade fica lotada de visitantes, e é diversão garantida no verão de Calgary.

Quem quer fazer um curso superior em Calgary não fica sem boas opções, a começar pela University of Calgary. 

A University of Calgary é líder nacional em cursos e pesquisas voltados à área de energia e engenharia, que é a principal vocação econômica da província. A instituição tem recebido constantes investimentos em pesquisa e desenvolvimento nas áreas de energia sustentável e gerenciamento ambiental, e também oferece uma gama variada de cursos nas mais diversas áreas do conhecimento.

Entre os colleges, nossos principais parceiros são o Bow Valley College e o SAIT (South Alberta Institute of Technology).

O Bow Valley College tem sido, na província, o principal fomentador de carreiras em economia criativa, pois abriga a School of Creative Technologies, que oferece programas de tecnologia da informação, desenvolvimento de software, marketing digital, gerenciamento e análise de dados e design. Os programas mais procurados no Bow Valley College são os de Business Administration, Hospital Unit Clerk, English Language Learning e Academic Upgrading

Entre os cursos mais interessantes, estão o Cybersecurity (desenvolvimento e implementação de sistemas de segurança digital), Disability Studies (capacita os alunos para ajudar pessoas com deficiência nas escolas, ambientes de trabalho e atividades do dia-a-dia).

O SAIT (Southern Alberta Institute of Technology) é o college público mais antigo de Calgary, e oferece mais de 100 programas e cerca de 1.300 cursos de meio período. O SAIT vem se destacando no cenário educacional por trazer programas inovadores, como o Diploma in Integrated Water Management, que forma profissionais especializados no aproveitamento sustentável dos recursos hídricos na indústria, agricultura e governo.

Os programas mais populares continuam sendo os de Business Administration (diploma ou bacharelado), Information Technology, Academic Upgrading e English Language Foundations. Mas neste college você pode encontrar programas bastante diferenciados, como Aircraft Maintenance Engineering Technology (prepara engenheiros de manutenção de aeronaves, e os capacita para a obtenção da licença da categoria) e Accounting Oil and Gas Production (este curso prepara os estudantes para se tornar contadores especializados no setor de petróleo e gás natural). 

Na região de Calgary, em cidades menores, também há opção de outros bons colleges (em Medicine Hat e Brooke fica o Medicine Hat College).

Na cidade de Olds fica o Olds College, uma instituição especializada nas ciências agrárias, que pretende dar a melhor formação para seus alunos em classes pequenas e aulas “hands-on“- ou seja, com a “mão na massa”. 

Sua estrutura conta com a Olds College Smart Farm, que é uma “fazenda do futuro”, que dispõe das tecnologias mais avançadas para aumento de produtividade e uso responsável e sustentável dos recursos naturais. No Olds College Centre of Innovation, há laboratórios avançados, incluindo o Technology Access Centre for Livestock Production (centro tecnológico para produção pecuarista), bem como 25 acres de jardim botânico.

Calgary é também um destino muito procurado por quem quer fazer um intercâmbio de curta ou média duração, com foco no estudo do idioma. Escolas como a Stafford House possuem excelentes estruturas para receber estudantes de todas as idades, e com os mais variados objetivos.

Nessas escolas você pode dar uma turbinada no nível do seu inglês, ou fazer o seu pathway (programa de inglês acadêmico), ou mesmo fazer um curso de inglês para negócios.

Como você pode ver, Calgary oferece uma infinidade de possibilidades. Que tal se matricular em uma destas instituições? A Go Tour sabe como fazer, fale com a gente.

Edmonton

Edmonton

População (2020)1.468.926
Taxa de Desemprego10,5% (04/2021)
Temperatura média (verão)13ºC (min)
24ºC (max)
Temperatura média (inverno)-13ºC (min)
-4ºC (max)

Seguro-Saúde (Por pessoa)

Média mensal (estudante)CAD$ 75

Moradia (Valores médios – Aluguel mensal)

Quarto individualCAD$ 750
Studio / apto 1 quartoCAD$ 999
Apartamento 2 quartosCAD$ 1238

Transporte público (Passe mensal)

Regular
Estudante (6 a 17)
CAD$ 100
CAD$ 72,50

Refeição (Por pessoa)

Fast-foodCAD$ 10
Restaurante médioCAD$ 40

Supermercado (Por pessoa)

Despesa semanal médiaCAD$ 71

Edmonton é a capital da província de Alberta. É a metrópole que fica mais ao norte no país, onde as grandes planícies se encontram com a floresta boreal, e a oeste das Montanhas Rochosas. É uma região que conta com belezas naturais de todos os tipos, além de ser a porta de entrada para os territórios do norte.

É uma cidade de superlativos. O rio North Saskatchewan corta a cidade – e ao longo de suas margens fica o maior trecho de parques urbanos de toda a América do Norte (é uma faixa de parques conectados 22 vezes maior que o Central Park).  Sem precisar sair da cidade, você pode praticar trilhas, canoagem, golfe, mountain bike ou esqui cross-country.  

Para quem prefere ambientes fechados, a cidade também é famosa pelo West Edmonton Mall – um dos maiores shopping centers do mundo, de tamanho equivalente a 48 quadras da cidade. Dentro do shopping as opções de lojas são variadíssimas, bem como praças de alimentação, restaurantes, cinemas, boliche, parque aquático, parque de diversões, aquário, pista de kart ou o que mais você puder imaginar. 

Além disso, os habitantes de Edmonton gostam de festa. Ao longo de cada ano são realizados mais de 50 festivais, e por isso a cidade ganhou o apelido de “The Festival City“.  Tem festa da cerveja, festival de arte de rua, festival folclórico, festival de inverno, e assim vai. No inverno ou no verão, não há monotonia em Edmonton.

O clima é continental – o que significa que os invernos são secos e bem frios, e os verões amenos e chuvosos. Embora a temperatura mantenha, em cada estação, uma média relativamente constante, há ocasionalmente mudanças bruscas e alguns dias de frio extremo no inverno ou calor extremo no verão. No entanto, os locais se orgulham de que Edmonton é a cidade que tem mais dias de sol em todo o Canadá, cerca de 300 por ano.

Em termos de qualidade de vida, a cidade tem mais pontos a favor do que contra. 

O custo de moradia é bem mais acessível, e os salários médios são compatíveis com os grandes centros. Em contraste com a baixa carga tributária (em Alberta, não há cobrança do imposto provincial sobre vendas (o PST), a taxa de imposto de renda é a menor do país, além do preço dos combustíveis ser o mais baixo do Canadá), os habitantes da província acabam com mais dinheiro na carteira no fim do mês. O sistema público de saúde segue o mesmo padrão que no restante do Canadá, e o sistema educacional de Alberta tem excelente reputação em todos os níveis de ensino. 

Por outro lado, a taxa de criminalidade é um pouco mais alta que a média das demais cidades canadenses – é importante se informar sobre regiões mais seguras para morar. Outro ponto a se considerar é que em Edmonton o transporte público não é tão eficiente, e a população em geral usa carro para se locomover. Se você é um estudante com limitação de orçamento para comprar um carro, verifique se o lugar onde pretende morar é bem servido pelo sistema público de transporte.

A economia gira principalmente em torno da indústria petroleira – as reservas de petróleo de Alberta são menores apenas que as da Arábia Saudita, o que torna a cidade um importante pólo petroquímico canadense. No entanto, há outros setores também bastante relevantes na cidade, como o de tecnologia, bancos e biotecnologia. Alguns dos principais empregadores são a Gilead, BioWare, IBM, Innovotech, Intuit Canada, Canadian Western Bank, Telus, TD Canada Trust, Stantec, General Electric.

Edmonton é uma excelente opção de destino para um curso superior. A University of Alberta, sediada na cidade, tem um prêmio Nobel (Michael Houghton, infectologista), e seu corpo docente é um dos mais respeitados do país.  Anualmente, a universidade recebe cerca de 8 mil estudantes internacionais.

Entre os colleges, o NAIT (North Alberta Institute of Technology) é bastante conhecido por ser um importante centro de pesquisa na província, e por dispor de cerca de 45 laboratórios, nas mais diferentes especialidades, onde os alunos podem treinar suas habilidades nas tecnologias mais recentes disponíveis.

Esta faculdade politécnica atende a mais de 40 mil alunos, em cerca de 120 programas distintos. Os cursos mais populares são os de Business Administration (diploma e bacharelado), Digital Media and Information Technology, Technology (bacharelado), e Personal Fitness Trainer. Entre as opções de cursos mais inovadoras estão o Bachelor of Technology (que também figura entre os mais populares – em que os alunos desenvolvem o pensamento crítico e as habilidades técnicas necessárias para acompanhar um mercado em constante evolução) e o Nanotechnology Systems (os alunos aprendem como criar e avaliar aparelhos e ferramentas usados na pesquisa e na indústria de nanotecnologia).

Outra excelente instituição de ensino superior é o NorQuest College, que valoriza a inclusão e diversidade, pois mais de 60% de seus alunos vêm de outros países. Os programas disponíveis são desenvolvidos em conjunto com a indústria, empresas e líderes do setor público, e se concentram nas áreas da saúde, estudos sociais e administração de empresas.

O college oferece um dos mais procurados programas de Enfermagem (Practical Nurse) da província. Este curso é bastante competitivo, e de acordo com a procura por alunos canadenses, podem faltar vagas para alunos internacionais – por isso, é importante fazer seu processo com bastante antecedência, e garantir sua proficiência no idioma. Outros cursos populares são o Health Care Aide, Business Administration, Administrative Professional e Early Learning and Child Care

Entre as opções mais inovadoras, estão os programas de Settlement Studies – que treina os alunos para trabalharem com a recepção e adaptação dos novos imigrantes (newcomers), Environmental Protection Technology (onde se aprende a proteger e sustentar a saúde dos ecossistemas a longo prazo), e o programa de Hospitality (o crescimento da importância da província no setor de turismo tem demandado mão de obra especializada, tanto na área de gastronomia quanto na hotelaria).

Se você é do tipo que gosta de cidades menores, mais tranquilas, com aquele ar de cidade de interior, há algumas cidades próximas a Edmonton que possuem excelentes colleges. Em Vermillion e Lloydminster estão os campi do Lakehead College, e nas cidades de Lac La Biche, Cold Lake e Saint Paul há unidades do Portage College.

A meio caminho entre Edmonton e Calgary – na cidade de Red Deer – está localizado o Red Deer College.

O que você achou de Edmonton? Quer saber mais, ou preparar sua candidatura para um destes colleges? Conte com a Go Tour para elaborar o seu projeto!

Colleges e Universidades

Cursos de Inglês