Queda por quedas d’água!

Quem pensa em viajar pra ver grandes cascatas pensa logo nas Cataratas do Iguaçú, no Sul do Brasil, ou em Niagara, nos Estados Unidos. Mas, existem outras grandes cachoeiras por aí que, apesar de não tão impressionantemente grandiosas em termos de volume de água como as outras duas, ou tão conhecidas, também merecem destaque – e uma visitinha caso você esteja passando por perto.

 

 
Uma delas é a Cataratas Ángel, que fica no Parque Nacional de Canaima, em Bolívar, na Venezuela. A queda d’água dessa cachoeira é de 980 metros de altura – 15 vezes maior que de Niagara! É tão alta, que a maior parte da água que escorre não chega a tocar no fundo, porque vira vapor d’água antes de atingir a parte baixa. Impressionante!

 

 

catarata angel

 
Um espetáculo também são as Cataratas de Kaieteur, formadas pela queda-d’água do Rio Potaro, na região central da Guiana. Ela é 5 vezes mais alta que a queda de Niagara e rodeada por uma planície verde exuberante que desemboca em um vale, por onde despenca a cascata. A grande vantagem é que, por não ser muito conhecida não fica entupida de turistas disputando espaços para tirar fotografias! É visitada por aventureiros mesmo!

 

 

Cataratas de Kaieteur

 
Uma terceira cachoeira que merece uma visita fica um pouquinho mais longe: na Índia. As Cataratas Jog ficam no sul do país, em Karnataka, e são a maior queda d’água de toda a Ásia. E, talvez, o que mais chame a atenção no lugar, é a paisagem estonteante que rodeia as cataratas – uma imensidão de floreta virgem. Também é um recanto para os que procuram realmente as belezas escondidas da natureza

 

 

cataratas_jog_india

 
E viva o planeta água!

 

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário