Emprego e Imigrantes no Canadá

Esta semana, a WES (World Education Services) – uma organização que atesta equivalência de cursos secundários e superiores estrangeiros no Canadá – divulgou uma pesquisa sobre o grau de sucesso dos imigrantes no mercado de trabalho canadense.

O estudo traz números bastante encorajadores – mais de 80% dos entrevistados afirmam estar empregados, e a maioria, em empregos permanentes. 2017 apresentou a maior taxa de empregabilidade entre novos imigrantes desde 2006, e isto demonstra que há espaço para aqueles que estão planejando trocar de país.

A taxa de empregabilidade para newcomers (novos imigrantes) em 2017 foi a maior desde 2006.

Cerca de 26.500 pessoas responderam a este estudo. O Brasil foi o 4º país de origem em quantidade de entrevistados, e entre todas as nacionalidades, os brasileiros aparecem na pesquisa como a 2ª no ranking de taxa de empregabilidade (atrás apenas dos filipinos), com 89,2% de entrevistados atualmente trabalhando.

89,2% dos entrevistados brasileiros afirmam estar trabalhando

No entanto, a pesquisa comprova que o início no novo país é bastante desafiador: boa parte dos entrevistados afirma que estão trabalhando em posições de responsabilidade ou complexidade inferior às que exerciam no país de origem, mesmo tendo excelente qualificação profissional e fluência no idioma. É bastante comum que nesta fase inicial seja necessário dar um passo para trás, para depois dar dois à frente.

Cerca de 40% dos entrevistados afirma atuar na mesma área que no país de origem, e no mesmo nível profissional.

A principais dificuldades relatadas foram que a experiência de trabalho internacional e formação em instituições estrangeiras não são tão valorizadas pelos empregadores canadenses. O desafio é ainda maior para quem atuava em uma profissão no país de origem que é regulamentada no Canadá, pois pode haver inúmeras exigências legais para que o profissional esteja habilitado a exercer a profissão (principalmente na área de saúde).

Imigrantes que possuem Canadian Experience  possuem chances maiores de acesso às melhores vagas.

O que se comprovou como um fator considerável de sucesso para os imigrantes é a chamada Canadian Experience (experiência canadense), que pode ser obtida durante a realização de cursos técnicos ou superiores em instituições de ensino canadenses (como aluno internacional nos colleges ou universidades), ou com experiência efetiva de trabalho (seja temporário ou permanente). Ter uma formação canadense também favorece a busca de trabalho, pois os empregadores atuam muito próximos às instituições e conhecem melhor a qualidade dessa formação.

Muitos cursos oferecem programas de estágio – que podem ser remunerados ou não – em empresas parceiras. Esta é uma oportunidade ímpar para iniciar sua Canadian Experience e construir o networking que poderá abrir futuras portas.

É justamente neste ponto que a Go Tour consegue contribuir para que você tenha um planejamento bem sucedido. Temos base no Canadá, sabemos como funciona esse  mercado de trabalho, temos uma grande proximidade com as instituições de ensino superior, e conhecemos os cursos com melhor reputação e taxa de empregabilidade. Faz parte do nosso trabalho conversar sobre seu perfil profissional, expectativas, ajudá-lo a encontrar o curso ideal, e dar todo o suporte que você precisa neste começo, que é tão empolgante quanto desafiador.

Para ver a pesquisa completa, acesse este link.

Photo by Burst from Pexels

 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe um comentário