British Columbia

População5,2 milhões
Salário MínimoCAD$ 14,60 /hora
Taxa de Desemprego8,4% (Setembro de 2020)

A província de British Columbia está localizada na costa oeste do país, às margens do Oceano Pacífico. Suas cidades mais conhecidas são Vancouver (a maior cidade da província, com uma população estimada de 2,6 milhões de habitantes em 2020) e a capital Victoria, com cerca de 380 mil habitantes.

Quando pensamos em British Columbia  – carinhosamente conhecida como BC – logo vem à mente as paisagens de tirar o fôlego. Da linda vista das Montanhas Rochosas a florestas ancestrais, de lagos a desertos, 14% de toda a área da província é preservada em seis parques nacionais. Essa imensa riqueza natural faz com que a província seja um dos maiores destinos turísticos do Canadá.

O clima ameno, em comparação a outras províncias canadenses,  e a excelente qualidade de vida que se pode experimentar em todas as suas cidades, faz com que BC seja também um destino bastante procurado por estudantes internacionais ou imigrantes. A província, que vem crescendo cerca de 40 mil habitantes por ano, se orgulha da diversidade de etnias de seus cidadãos, e recebe estudantes e imigrantes de braços abertos.

Isto só é possível porque BC tem uma economia forte e em franco crescimento – principalmente nos setores da indústria e serviços. O turismo é um dos grandes motores da economia de British Columbia, mas atividades como agricultura, pecuária, pesca, silvicultura e mineração têm uma grande tradição na província.

O setor de energia representa uma grande fonte de receita em British Columbia, pois a província possui a terceira maior hidrelétrica do país, e é também o segundo maior produtor canadense de gás natural.

A região de Vancouver concentra também importantes centros de negócios, finanças e tecnologia, além de importantes estúdios de cinema e televisão, com produções conhecidas no mundo todo.

A grande oferta de cursos de altíssima qualidade nas faculdades e universidades da província atrai anualmente mais de 130 mil estudantes internacionais, vindos de todas as partes do planeta. Foi a primeira província do Canadá a criar um selo de qualidade, e certificar os cursos de seus colleges e universidades, garantindo o alto padrão de suas instituições.

Nanaimo

Nanaimo

População 201998.957 (2019)
Salário mínimo / hora
Salário médio /hora
CAD$ 14,60
CAD$ 20,24
Taxa de Desemprego4,6% – 2019 (pré-pandemia)
Temperatura média (verão)12ºC (min)
24ºC (max)
Temperatura média (inverno)3ºC (min)
7ºC (max)

Seguro-Saúde

Média mensal por pessoa (estudante)CAD$ 75

Moradia (Valores médios) – Aluguel mensal:

Quarto individualCAD$ 889
Kitchenette / apto 1 quartoCAD$ 986
Apartamento 2 quartosCAD$ 1170

Transporte público

Passe mensal – regular
Passe mensal – estudante
CAD$ 65
CAD$ 170
(semestre)

Refeição em:

Fast-food (por pessoa)CAD$ 10
Restaurante médio (por pessoa)CAD$ 42

Supermercado

Despesa semanal média por pessoaCAD$ 77
Vancouver

Vancouver

População 2019168.313
Salário mínimo / hora
Salário médio /hora
CAD$ 14,00
CAD$ 21,96
Taxa de Desemprego13,1% – novembro/2020 (pós-pandemia)
5,5% – pré-pandemia
Temperatura média (verão)14ºC (min)
23ºC (max)
Temperatura média (inverno)2ºC (min)
7ºC (max)

Seguro-Saúde

Média mensal por pessoa (estudante)CAD$ 75

Moradia (Valores médios) – Aluguel mensal:

Quarto individualCAD$ 850
Kitchenette / apto 1 quartoCAD$ 1941
Apartamento 2 quartosCAD$ 2712

Transporte público

Passe mensal – regular
Passe mensal – estudante
CAD$ 98 a CAD$ 177
CAD$ 56

Refeição em:

Fast-food (por pessoa)CAD$ 10
Restaurante médio (por pessoa)CAD$ 40

Supermercado

Despesa semanal média por pessoaCAD$ 93

Vancouver é conhecida como uma das mais bonitas cidades canadenses. Rodeada pelo mar e pelas montanhas, as paisagens são as mais variadas, e todas de tirar o fôlego. As pessoas que apreciam o contato com a natureza podem aproveitar a cidade durante o ano todo: as lindíssimas praias e passeios marítimos no verão,  trilhas e esportes de neve durante o inverno – e isso tudo sem abrir mão de viver em uma metrópole com todo o conforto e urbanidade que ela oferece.

Comparada a outras cidades do Canadá, Vancouver tem um clima bem mais ameno. As temperaturas médias do inverno, embora baixas, não costumam ser negativas, e tampouco o verão costuma ser quente demais. Esta é uma vantagem considerável para brasileiros, principalmente, que não estão habituados com invernos mais rigorosos.

O centro da cidade fica em uma península. Por estar rodeada de água, a única forma de crescimento foi para o alto. É a região mais densa e populosa da cidade, onde há uma grande concentração de prédios de escritórios, estabelecimentos comerciais e prédios de apartamentos. Ainda assim, o Stanley Park, localizado na península, garante uma extensa área verde para os habitantes dessa região. Cerca de 600 mil pessoas vivem no centro – e amam viver ali, pois tudo é perto, e pode-se andar a pé por todo o centro – inclusive nas praias.

No entanto, com o rápido crescimento da cidade, também cresceram os subúrbios. A região metropolitana de Vancouver tem hoje mais de 2,5 milhões de habitantes. São cidades independentes, porém com uma intensa ligação com Downtown Vancouver. Surrey é hoje a maior delas – e deve em breve ultrapassar Vancouver em quantidade de habitantes. Outras também de grande importância são Burnaby, Richmond, Coquitlam, Langley, Delta, North Vancouver, Maple Ridge, New Westminster, e West Vancouver

Esta região do Canadá se orgulha da grande diversidade étnica e cultural de seus habitantes – e atribui a essa diversidade a sua força e criatividade. Vancouver e as cidades da região metropolitana receberam uma grande quantidade de imigrantes na última década, vindos de todas as partes do mundo. Em Vancouver você terá a oportunidade de ter contato com múltiplas culturas, e ouvir os mais diversos idiomas e sotaques.

Vancouver tem uma economia forte e bastante diversificada. O porto da  cidade é o mais movimentado do país, o que faz com que uma das atividades econômicas mais fortes seja o comércio internacional. No centro financeiro estão localizadas as sedes de grandes empresas mineradoras e de produtos florestais, além dos principais bancos canadenses e internacionais.

A cidade vem se destacando nos últimos anos no setor cinematográfico – tanto que um dos apelidos da cidade é “Hollywood North”- ou melhor, Hollywood do norte. Nada menos do que 10% das produções hollywoodianas foram filmadas nos estúdios de Vancouver.

Como tem acontecido em outros grandes centros canadenses, em Vancouver também se observa um grande crescimento da indústria de tecnologia. Além das Big Techs, como SAP, Apple e Microsoft terem importantes sedes na cidade, há inúmeros programas de incentivo para a criação e desenvolvimento de startups.

O Canadá como um todo – mas especialmente Vancouver- tem uma grande preocupação com o desenvolvimento sustentável e a proteção dos recursos naturais. Isto pode ser observado no grande incentivo do país, províncias e municipalidades, como Vancouver, ao desenvolvimento da indústria de energia limpa. É uma área com forte tendência de crescimento em importância e volume de negócios.

E por fim, como não poderíamos deixar de mencionar, com tanta beleza por todos os lados, que o turismo é um dos grandes motores econômicos de Vancouver. Além de ser um destino de férias muito procurado, a cidade atrai visitantes com inúmeros eventos esportivos – como as olimpíadas de inverno de 2010 – e eventos corporativos, como convenções e feiras. 

Entre as principais empresas presentes na cidade estão SAP, Microsoft, Lululemon, Sage, Fortinet, Paladin Security Group, Fairmont Hotels and Resorts, entre muitas outras.

Em termos de infraestrutura, Vancouver já foi eleita diversas vezes como o melhor lugar para se viver por várias revistas de negócios. O trânsito no centro pode ficar congestionado às vezes, mas o transporte público funciona muito bem – desde o SkyTrain, como é conhecido o metrô da cidade, além de várias opções de ônibus e balsas. Há uma sofisticada rede de ciclovias para aqueles que gostam de pedalar e usar a bike como meio de transporte.

A educação pública oferecida para os alunos do ensino infantil, fundamental e médio são de altíssima qualidade, e em Vancouver há uma grande quantidade de colleges públicos e privados, com cursos concorridos e reconhecidos nacionalmente. Há duas grandes universidades (a University of British Columbia – a sétima colocada no ranking canadense, e 37ª no ranking mundial), e a Simon Fraser University.

A Go Tour tem inúmeros colleges parceiros em Vancouver, como o Langara College. No Langara, nossos clientes contam com uma enorme variedade de programas, tanto de graduação (certificate, diploma ou bachelor) quanto pós-graduação. Os programas mais concorridos da pós-graduação são os de Business Administration, Marketing Management, Data Analytics e Supply Chain and Logistics, enquanto que entre os cursos de graduação, o mais procurado é o de Accounting (contabilidade), por ter uma alta taxa de empregabilidade e também  por ser um dos mais acessíveis do college.

A Kwantlen Polytechnic University (KPU) oferece cursos inovadores – de mestre cervejeiro a medicina tradicional chinesa, e tem um programa muito bacana  para alunos que cursam uma faculdade ou universidade no Brasil, e desejam fazer apenas algumas matérias em uma universidade canadense, sem a necessidade de passar por todo o processo burocrático do application.

Outro grande parceiro da Go Tour na cidade é o Douglas College – muito procurado por alunos que querem cursar Direito Empresarial, Recursos Humanos e Educação Física.

Na Capilano University, alguns dos cursos mais populares são os de Early Childhood Education (Ensino Infantil), Motion Pictures Arts (Cinema) e Design in Visual Communication. Algumas destas opções podem ser cursadas em versões mais curtas (Certificate – 1 ano) ou mais longas (Diploma – 2 anos, ou Bachelor – 4 anos).

Temos ainda muitos alunos que escolhem a NYIT, especializada em cursos de pós-graduação na área de negócios, a FDU, ou a Vancouver Community College, que oferece uma grande variedade de  cursos de nível tecnólogo, com valores mais acessíveis. 

Ficou interessado em viver e estudar em Vancouver? Fale agora mesmo com um de nossos assessores educacionais.

Victoria

Victoria

População 2019386.000 (2020)
Salário mínimo /hora
Salário médio /hora
CAD$ 14,60
CAD$ 21,96
Taxa de Desemprego13,1% – outubro/2020 (pós-pandemia)
Temperatura média (verão)14ºC (min)
24ºC (max)
Temperatura média (inverno)2ºC (min)
7ºC (max)

Seguro-Saúde

Média mensal por pessoa (estudante)CAD$ 75

Moradia (Valores médios) – Aluguel mensal:

Quarto individualCAD$ 750
Kitchenette / apto 1 quartoCAD$ 1560
Apartamento 2 quartosCAD$ 2060

Transporte público

Passe mensal – regular
Passe mensal – estudante (5 a 18 anos e idosos 65+)
CAD$ 85
CAD$ 45

Refeição em:

Fast-food (por pessoa)CAD$ 10
Restaurante médio (por pessoa)CAD$ 40

Supermercado

Despesa semanal média por pessoaCAD$ 93

Localizada na parte sul da Vancouver Island, Victoria é a capital da província de British Columbia, também conhecida como “The City of Gardens”, ou “a cidade dos jardins”.

A cidade tem uma arquitetura primorosa, de forte influência britânica, e está encravada em cenários que parecem de filme – montanhas com picos nevados de um lado, e do outro, o Oceano Pacífico rouba a cena.

Estudantes e pessoas que buscam o Canadá como um destino para viver encontram em Victoria uma cidade pequena, de clima ameno, de trânsito fácil e que oferece todo o conforto e qualidade de vida encontrada em uma cidade grande. O clima ameno da cidade é um atrativo decisivo para quem quer viver no Canadá, mas não gosta de invernos rigorosos. 

A população de Victoria é bastante diversa e aberta a diferenças. Para se ter uma ideia, em Victoria fica a mais antiga “chinatown” de todo o Canadá. A população é uma das mais equilibradas em termos de idade. Victoria atende a diversos públicos – desde  estudantes, interessados em suas faculdades ou universidades reconhecidas, profissionais atraídos pela crescente oferta de trabalho e bons salários praticados na região, e aposentados encontram em Victoria o clima e a qualidade de vida para aproveitar ao máximo seus últimos anos.

O serviço de saúde público da cidade é prestado pela Island Health, que possui uma rede bem estabelecida de profissionais, clínicas, hospitais, laboratórios e serviços residenciais. 

Em termos de transporte, por ser uma cidade relativamente plana e pequena, além de uma eficiente malha de ônibus urbanos, é muito fácil se locomover a pé, e pode-se ir a todo lugar usando a sua bicicleta como meio de transporte. A cidade é um exemplo de acessibilidade, e pessoas que dependem de uma cadeira de rodas conseguem circular facilmente por toda Victoria.

A cidade tem uma economia diversificada, e bastante forte em pequenos e médios negócios, em contraste com outros grandes centros canadenses, em que as grandes empresas correspondem a uma boa parcela da economia. Em comum com o resto do país está o crescimento do setor tecnológico, responsável pela geração de mais de 3 bilhões de dólares canadenses ao ano.

A segunda atividade com melhor resultado econômico em Victoria, como pode-se imaginar, é o turismo. O setor contribui com 2 bilhões de dólares canadenses anuais, e é um dos principais geradores de empregos em Victoria e sua região metropolitana.

Outros setores que vêm apresentando expansão ao longo dos últimos anos são os de educação, pesca, transportes marinhos, construção, saúde, varejo e agricultura.

A Go Tour é parceira das principais instituições de ensino superior da cidade, como a Univerisity of Victoria (UVIC), que oferece programas únicos, combinando o estudo de idiomas com certificados ou diplomas na área de negócios, ou o Camosun College, que oferece uma quantidade grande de cursos de ensino superior com 2 anos de duração (diplomas), e também cursos de pós-graduação, para os alunos que desejam dar aquela turbinada no currículo.

Nossos assessores educacionais estão à sua disposição para ajudar você a viabilizar seu curso superior na UVIC ou na Camosun. Entre agora mesmo em contato com a gente!

Colleges e Universidades